quarta-feira, 3 de novembro de 2010

poema novo


 

deixa prá lá


deixa estar


imagens no retrovisor


árvores


faixas do acostamento


pedidos de perdão


declives


deixa estar


deixa prá lá


curvas de arrependimento


pelo espelho lateral


as encostas viajantes


deixa prá lá


deixa estar


ciúmes


a inveja de não estar lá


horizontes desejados


uma luz que cega os espelhos


deixa estar


deixa prá lá


as imagens explodem


em cores


no retrovisor


deixa estar


deixa estar

foto: Karen Debértolis

Nenhum comentário: