quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Palavras

Palavras 



Tratado sobre o 
Silêncio

O silêncio dói muito mais na pele do inimigo que o grito.

Pousa, assim, cálido, como uma resposta sem pontuação.

Deita suave nas concavidades do ouvido.

Desconserta.

Desmancha certezas.

Hospeda pulgas atrás da orelha.

Arma afiada

Toque lancinante

Estratégia zen

Linguagem dos deuses da arte da guerra.

2 comentários:

Leonardo B. disse...

[quando o silêncio é faca afiada é pior que o somatório de todos os nadas da vida]

um imenso abraço, Karen

Leonardo B.

formaxima.com disse...

Karen passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, espetacular desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
Um grande abraço e tudo de bom
Ass:Rodrigo Rocha