sábado, 21 de abril de 2007

Mais um poema de Ana Ramiro

O pacote branco com o livro da Ana Ramiro chegou na caixa de correio como um oásis no meio de um dia difícil. No post anterior, o blogspot não colaborou para a correta disposição gráfica do poema. Agora publico mais um para vocês se deliciarem:

Vida,


escrever com o corpo,
sentindo o toque
e o traço.

Alimentar-se da curvatura

da fruta,
tinta que macula,

letra

que, volta e meia,
obtusa,

interrompe o curso.


do livro Desejos de Gaia, de Ana Ramiro, publicado pela LGE editora

2 comentários:

Jocker disse...

otimo blog.
leve, suave, delicado e com um conteudo esplendido...
Parabéns!!!
vim até aqui por um blog que sou colaborador.
Visite-nos

Ana Ramiro disse...

Valeu, querida! Beijuus