sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Diários belgas


Eu não vi a lua cheia na Bélgica. Mas observei céus estrelados nas madrugadas frias. Deixei a cidade da Antuérpia com a lua crescente na noite silenciosa e escura ainda. Fui conhecer o estalajadeiro. No palco. Me emocionei inúmeras vezes durante a apresentação da peça Além Mar, baseada no livro A estalagem das almas, na montagem do grupo Noisette. Muitas sensações me tomaram ao longo da peça. É instigante ver transformado em imagens, elementos cênicos e movimentação de palco, gestos, um texto que me persegue na cabeça há anos. Cada palavra. E quantos objetos colecionei nesta estalagem. Ânforas, cadeira, quebra cabeças, aquários, panelas, escumadeira, e outras tralhas. A partir daqui vou relatar outras senações nos próximos dias. Imagens e emoções.

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi Karen, bom ter vc de volta. A Fernanda me deu notícias do Noisette dia destes e falou que a temporada com vcs por lá foi ótima. Parabéns pela "Estalagem" ter chegado tb à Antuérpia. E, no correr do ano, vamos preparar por aqui mais algumas "artes poéticas".. Foi muito bom. Um beijo.

célia musilli disse...

Karen, eu que deixei o recado aí em cima...rss Beijoss